terça-feira, 8 de abril de 2008

A tal da experiência


Quando você pensa que tudo é completo assim
Como essa pobre ilusão de achar que tudo foi visto
Ou vivido, sentido sem ter sofrimento.

Quando você pensa que já não tem mais nada
Para aprender porque a puberdade já passou
Porque já sabe tratar a mulher do jeito como
Todo homem trata.

Quando você acha que compensa um dia
Ser educado fazer o máximo de silencio
Possível porque acredita que um dia
Toda essa bondade voltará para você.

Quando você estuda o que não gosta
Só porque sabe que não sabe de nada e
Tem agonia de ser tão ignorante assim.

Quando você descobre que nunca vai
Saber das coisas vindas da coincidência,
Aquelas coisas que lhe farão conhecer
a mulher da sua vida ou qualquer outro tesouro.

Você é igual a mim. Pensa que não sabe,
Mas pensar nisso é o primeiro sinal
Da experiência. Mas que mania feia é essa
De pensar que ser criança é decadência!

Fábio Campos Coelho (08.04.08)

2 comentários:

LunaJeannie disse...

este é um bom pensamento, como diz o grande filósofo, sócrates, 'só sei que nada sei'.. e é uma evolução admitir que nada sabemos..
adorei Binho, eu sou agoniada por ser ignorante viu e como! dheuhdea
:)
bbzuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

daniel calil disse...

Grande bin. VocÊ nunca tinha me falado do blog. Vou comecar a acompanhar. Esse texto ficou muito massa, bate com alguns pensamentos que tenho...
Sorte e paz pra vc bin. Tu tem futuro e um belo coracao!